Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Prevenção
Início do conteúdo da página
Notícias

Prevenção

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Quinta, 03 de Dezembro de 2020, 11h55 | Última atualização em Sexta, 12 de Fevereiro de 2021, 07h29

Obras contra pânico e incêndio são concluídas no campus. Investimento foi de R$ 571 mil

Assista à reportagem

Os serviços de execução do Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico nas dependências do Campus Inconfidentes, do IFSULDEMINAS, foram concluídos.

Os alojamentos dos cursos técnicos, Biblioteca, Casa das artes, Agrimensura, Informática, Prédio principal e quadra de esportes receberam instalação de luminárias de emergência, alarmes de incêndio, extintores, Hidrantes, guarda-corpo, corrimões, placas informativas, central de alarme e reservatórios de água.

Segundo o diretor-geral do Campus Inconfidentes, professor Luiz Flávio Reis Fernandes, a parceria com a Reitoria do IFSULDEMINAS foi essencial para a conclusão do projeto. “Essa obra foi possível porque o Reitor, professor Marcelo Bregagnoli, entendeu a nossa necessidade. Somos gratos a esta sensibilidade”, reconheceu Fernandes.

O investimento está estimado em R$ 571 mil. R$ 500 mil foram destinados pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do Ministério da Educação. Os outros R$ 71 mil são recursos do Campus Inconfidentes, extraídos do orçamento de 2019.

A obra foi iniciada em janeiro de 2020, mas em março foi suspensa devido à pandemia. No mês de junho a ação foi retomada e finalizada em novembro.

Conforme legislação federal, todas as edificações públicas têm obrigatoriedade de possuir o sistema de segurança contra incêndio e pânico. Os projetos do Campus Inconfidentes foram desenvolvidos por profissionais técnicos habilitados, vistoriados e aprovados pelo corpo de bombeiros.

Para o Engenheiro Civil do IFSULDEMINAS, responsável pelas vistorias no projeto, Damon de Faria, o objetivo da obra é o cumprimento da legislação e a segurança dos frequentadores dos ambientes. “As adequações tiveram como objetivo garantir a segurança de todos os usuários, especialmente, os alunos e portadores de necessidades especiais”, finalizou.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em:
Fim do conteúdo da página