Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Conquista

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Segunda, 09 de Dezembro de 2019, 10h45 | Última atualização em Terça, 04 de Fevereiro de 2020, 07h21 | Acessos: 1244
Alunos do campus criam solução para transmissão de vídeoaula.
Alunos do campus criam solução para transmissão de vídeoaula.

Estudantes do Curso Técnico em Informática conquistam 3º lugar em competição do Inatel

Os alunos  do Curso Técnico em Informática do Campus Inconfidentes Mateus Fazzi Ribeiro da Silva, Jéssica Glelini Bueno Rodrigues da Silva e Rebeca da Silva de Freitas participaram da final do Torneio Arduino Challenge promovido pelo Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações) e conquistaram o 3º lugar. “Foi muito interessante passar um dia desenvolvendo uma solução para um problema social com uma ferramenta tecnológica, isso com certeza irá agregar algo futuramente em nossas vidas”, comemorou a aluna Jéssica.

O Torneio Arduino Challengem é um campeonato de robótica com o objetivo de despertar, por meio de conhecimentos práticos, habilidades para a engenharia e tecnologia. O evento contou co 04 etapas, sendo a última disputada no último dia 30 de novembro, em Santa Rita do Sapucaí (MG).

Durante a final, as equipes foram desafiadas a desenvolverem uma solução tecnológica com base no Arduino que resolvesse um problema social. Baseada nas “Joias do Infinito” (Vingadores), cada equipe teve a missão de abordar uma grande área, como educação, meio ambiente e saúde. Além de projetar a solução, as equipes tinham que desenvolver exemplares e apresentá-los a um grupo de jurados no formato pitch com duração máxima de 4 minutos. Para o protótipo, as equipes contavam com uma quantidade limitada de recursos monetários fictícios que deveriam ser administrados para a compra dos componentes necessários ao protótipo.

Vídeoaula para comunidade ribeirinha

A equipe Django do IFSULDEMINAS – Campus Inconfidentes – alcançou o 3º lugar na competição desenvolvendo uma solução para transmissão de videoaulas em tempo real para comunidades ribeirinhas. “A competição nos instigou a resolver um problema social voltado a educação. Optamos pelo acesso à educação em alguns lugares, principalmente nas comunidades ribeirinhas do Amazonas, e com isso tentamos resolver esse problema com um sistema de transmissão ao vivo de aulas”, contou Rebeca.

De acordo com o Prof. André Luigi Amaral Di Salvo, que acompanhou os alunos na última etapa, a competição estimula a capacidade de criação dos alunos. “Eles são colocados em situações cotidianas no qual a expertise e a capacidade de adaptação são essenciais para a resolução dos problemas”, comentou o professor. A Professora Luciana Faria, mentora da equipe Django e coordenadora do Curso Técnico em Informática, destacou a importância dos alunos participarem desse torneio. “Eles aprenderam a criar e ajustar soluções tecnologia para o dia a dia, é o desafio de aprenderem a trabalhar em equipe”, finalizou a docente.

Confira as imagens:


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em:
Fim do conteúdo da página