Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Combate à dengue

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Quinta, 22 de Fevereiro de 2024, 14h34 | Última atualização em Quarta, 10 de Abril de 2024, 13h21 | Acessos: 935
Estudantes e servidores se encontram em frente ao prédio principal do campus para início da ação. (Foto: Ascom)
Estudantes e servidores se encontram em frente ao prédio principal do campus para início da ação. (Foto: Ascom)

Estudantes do Curso Técnico em Meio Ambiente participam de ação de combate à dengue

O IFSULDEMINAS – Campus Inconfidentes, em parceria com os Agentes de Saúde e com o Departamento de Educação do município de Inconfidentes, promoveu, na manhã desta quinta-feira (22), uma ação de combate aos focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zica.

Os estudantes do curso técnico em Meio Ambiente percorreram os bairros centro, Nossa Senhora Aparecida, Santa Luzia e Santa Clara para coletar materiais onde, potencialmente, o mosquito Aedes Aegypt coloca as larvas e se prolifera. Além disso, foi realizada panfletagem de conscientização da população.

Segundo o diretor-geral do Campus Inconfidentes, professor Luiz Flávio Reis Fernandes, a atividade colabora para bloquear o aumento dos focos de dengue. “A ação buscou contribuir com a sensibilização da população no combate à proliferação do mosquito. A sociedade precisa estar unida para bloquear o aumento da doença, praticando o básico: não deixar água parada”, comentou o diretor, destacando a iniciativa como um apelo das autoridades de Saúde e da Educação.

Campanha de Educação Nacional

A ação do Campus Inconfidentes atende à iniciativa dos ministérios da Saúde e da Educação que iniciaram nesta terça-feira (21) uma campanha de mobilização contra a dengue nas escolas.

A intenção é ampliar o combate ao mosquito Aedes aegypti e conscientizar a população sobre o aumento dos casos de dengue no país. A ação faz parte do Programa Saúde na Escola.

De acordo com os órgãos Federais serão 20 semanas de atividades em meio à comunidade escolar. A expectativa é de que 25 milhões de estudantes sejam orientados sobre o combate a arboviroses em mais de 102 mil instituições públicas de ensino.

Confira as imagens: (Fotos: Ascom)

 


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página