Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Capacitação

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Quarta, 25 de Outubro de 2023, 15h36 | Última atualização em Segunda, 04 de Março de 2024, 17h40 | Acessos: 584
Participantes do Curso sobre Plantas Medicinais visitam Ervanário do campus. (Foto: Divulgação)
Participantes do Curso sobre Plantas Medicinais visitam Ervanário do campus. (Foto: Divulgação)

Campus promove curso de ervas medicinais para agentes de Saúde de Inconfidentes

O IFSULDEMINAS – Campus Inconfidentes promoveu o Curso “Ervanário - um espaço de saúde e educação” destinado aos Agentes de Saúde e à farmacêutica do Município de Inconfidentes.

O treinamento teve por objetivo divulgar, conscientizar e compartilhar os conhecimentos sobre o cultivo e a utilização das plantas medicinais para os profissionais de saúde de forma a disseminar o conhecimento técnico científico e popular a respeito das plantas medicinais.

Coordenado pelo professor de Biologia do campus, Wallace Ribeiro Corrêa, o treinamento foi oferecido na modalidade FIC (Curso de Formação Continuada) e teve carga horária de 20 horas. Dentre os assuntos abordados estão o histórico da utilização das plantas medicinais, plantio, cultivo e preparação das ervas medicinais. O Curso contou com o auxílio dos bolsistas Diogo Henrique Ribeiro Corrêa e Lucas Emanuel Ribeiro Corrêa.

O curso foi aplicado no Ervanário da Fazenda-Escola, um local destinado ao cultivo de ervas medicinais. “Desde o início da história da humanidade, o homem procura na natureza, plantas que tenham poderes de cura e que aliviem as suas dores. Nos dias atuais tão conectado e globalizado, uma nova tendência de reformulação de valores pessoais, valores naturais e ecológicos desponta entre as comunidades numa busca de utilização de produtos naturais”, explicou o professor Wallace, enfatizando que o projeto busca divulgar, conscientizar e compartilhar os conhecimentos a respeito do cultivo e utilização das plantas medicinais presentes no Ervanário de IFSULDEMINAS.

Exposição teórica de conteúdo compôs a metodologia do treinamento, mas também oficinas. Os bolsistas junto com o coordenador do projeto expuseram o histórico da utilização das plantas medicinais, conceituaram plantas medicinais e ensinaram as agentes de saúde a produzir chás com foco nas plantas reconhecidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) como medicinais, a exemplo da babosa, alcachofra, espinheira santa e guaco.“Percebi que as participantes saíram transformadas do curso. Além disso, fiquei satisfeito por atender a necessidade. Foi um curso funcional porque buscamos agregar conhecimento à prática”, avaliou o professor Wallace Ribeiro, destacando que as participantes estão propagando os conhecimentos adquiridos.

A previsão é a realização de um segundo módulo para enfermeiros e médicos, servidores do município, em 2024.

Confira as imagens: (Fotos: Divulgação)

 


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em:
Fim do conteúdo da página