Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

"Meninas da Tecnologia"

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Segunda, 26 de Dezembro de 2022, 13h57 | Última atualização em Sexta, 27 de Janeiro de 2023, 15h51 | Acessos: 274
Meninas da Escola Estadual Horácio Narciso de Góes, zona rural de Ouro Fino, recebem treinamentos de Informática.
Meninas da Escola Estadual Horácio Narciso de Góes, zona rural de Ouro Fino, recebem treinamentos de Informática.

Projeto de tecnologia destinada para meninas atende cerca de 300 alunas, em 2022

O projeto “Girls of Science” (“Meninas das Ciências”) desenvolvido pelos campi Inconfidentes e Passos, do IFSULDEMINAS, beneficiou aproximadamente 300 alunas de 8 escolas da região.

O objetivo do projeto é estimular as alunas dos cursos técnicos em informática a permanecer na área de exatas, nos cursos oferecidos pelo IFSULDEMINAS, além de estimular e dar suporte às equipes femininas na participação da OBI (Olimpíada Brasileira de Informática), visando ampliar o interesse das mulheres pela área de ciência e de tecnologia.

A iniciativa começou em outubro de 2019 sob a coordenação da professora Luciana Faria, com a colaboração da Professora Maria de Fátima de Freitas Bueno Marcílio.

Em 2020, o projeto foi aplicado na Escola Estadual Juvenal Brandão localizada em Ouro Fino/MG, envolvendo o ensino de conceitos de programação às alunas a partir do sétimo ano do ensino fundamental.

De acordo com a coordenadora do treinamento, professora Luciana Faria, o curso permite às participantes aprender programação de computador enquanto trabalhavam em projetos interativos, como histórias animadas e jogos. “Oportunizamos o desenvolvimento de habilidades pessoais como raciocínio lógico, trabalho em equipe, melhorar a tomada de decisões e criatividade”, explicou a docente.

Inclusão digital

Em 2021, o projeto “Girls of Science” foi aprovado na chamada pública do edital IFES 01/2021. Desta maneira, pôde ampliar suas ações para promover a iniciação tecnológica com foco no ensino de programação aplicada para estudantes do sexo feminino dos dois últimos anos do ensino fundamental das escolas públicas localizadas no entorno das cidades de Inconfidente e Passos. “Nossa intenção é capacitar as meninas para a robótica, a programação e o uso de ferramentas computacionais que auxiliam na resolução de problemas”, completou a professora Luciana Faria.

A execução do projeto iniciou em janeiro e finalizou em dezembro deste ano, envolvendo oito escolas do entorno dos campi Inconfidentes e Passos, do IFSULEMINAS. “Cada escola foi beneficiada com 20 horas de atividades, sendo divididas em 2 horas de palestra e 18 horas para oficinas, contemplando conceitos e definições básicas e específicas para a utilização do pensamento computacional, com exemplos práticos de pequenos projetos envolvendo robótica baseada na plataforma de prototipagem Arduino”, explicou a coordenadora do projeto.

O projeto ofereceu à comunidade externa a oportunidade da melhoria do processo de aprendizagem, a inclusão digital, o interesse de suas alunas pela área além de despertar o interesse das alunas para iniciação científica e tecnologia.

O projeto está previsto para ser retomado em abril de 2023, quando as escolas da região vão receber novos treinamentos destinados às alunas das escolas públicas.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página