Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Festa das Sementes

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Segunda, 26 de Julho de 2021, 09h33 | Última atualização em Terça, 21 de Setembro de 2021, 07h41 | Acessos: 403
Por causa da pandemia, evento foi transmitido pela Internet (Foto: Divulgação)
Por causa da pandemia, evento foi transmitido pela Internet (Foto: Divulgação)

Evento online reúne brasileiros e estrangeiros para debaterem preservação da cultura

O IFSULDEMINAS – Campus Inconfidentes promoveu, em parceria com a “Orgânicos Sul de Minas, a "X Festa das Sementes Orgânicas e Biodinâmicas". O evento ocorreu entre os dias 22 e 24 de julho. O objetivo foi reunir as Guardiãs, Guardiões, Colaboradores, Técnicos, Apoiadores e outras pessoas que dedicam a vida, estudos, trabalho ou lazer na preservação da vida e da diversidade de sementes, em especial, das sementes crioulas. “Nossa intenção também foi a atualização de conhecimentos e a realização da Feira Virtual de sementes”, explicou o coordenador do evento, professor Luiz Carlos Dias Rocha.

Devido à pandemia, o evento foi online e transmitido pelo canal da Orgânicos Sul de Minas, no Youtube. Plataformas do Streamyard e Youtube foram usadas para as transmissões de palestras e o GoogleMeet para as Oficinas e feiras remotas.

Cerca de 120 participantes, de diferentes estados como Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia e ainda de países vizinhos como Bolívia e Colômbia se inscreveram. As visualizações de palestras e vídeos no canal de transmissão foram superiores a 700 pessoas.

Participaram agricultores e agricultores, guardiões e guardiãs de sementes crioulas, profissionais de campo, pesquisadores, professores e estudantes de universidades, centros de pesquisas e institutos federais e consumidores.

Debates sobre Lei e Feira Virtual 

Os dois primeiros dias foram reservados para atividades de abertura e palestras com pesquisadores da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). Eles abordaram sobre as sementes, em especial de milho e feijão, apresentação de experiências sobre Sementes da Paixão da Paraíba e ainda do Projeto de Lei (6176/2013) que prevê o fornecimento de mecanismos para a criação de Bancos comunitários de sementes no país.

No último dia, ocorreu a apresentação de uma peça teatral contando o histórico dos 10 anos da Festa, além de oficinas com capacitações sobre temas diversificados. Homenagens a pessoas que se destacam na preservação das sementes também foram feitas. Uma feira virtual, onde os guardiões e guardiãs do sul de Minas puderam apresentar aos participantes as suas sementes e as formas de armazenamento, foi apresentada.

Segundo o professor Luiz Carlos Dias da Rocha, o evento superou as expectativas dos participantes e organizadores e possibilitou uma profunda troca de conhecimentos sobre temas diversos. “Em vários momentos, a emoção tomou conta e nos permitiu ter a noção da relevância do tema e acender a animação para, em 2022, retomar o evento presencial”, concluiu Rocha.

 


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página