Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto para Rodovia

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Terça, 04 de Junho de 2019, 07h45 | Última atualização em Quinta, 13 de Junho de 2019, 17h09 | Acessos: 431
Estudantes elaboram relatório que será entregue para Governo Estadual. (Foto: Paulo Borges)
Estudantes elaboram relatório que será entregue para Governo Estadual. (Foto: Paulo Borges)

Alunos de Engenharia de Agrimensura desenvolvem etapa de transferência de rodovia para o Estado

Os alunos do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica do Campus Inconfidentes desenvolveram uma etapa do projeto de transferência da rodovia municipal que liga as cidades de Ouro Fino a Santa Rita de Caldas para a responsabilidade do Governo de Minas Gerais. Eles executaram a etapa denominada Contagem Volumétrica de Veículo com o objetivo de enumerar o volume de tráfego e o fluxo de veículo, bem como a classificação de quais são os veículos que transitam pela via.

Os estudantes também fizeram o levantamento de origem e destino para se conhecer de onde partem e para onde vão os automóveis. O trabalho é uma das etapas exigidas pelo Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DER para assumir a responsabilidade de manutenção da rodovia.

O trecho de 35km foi pavimentado pelas prefeituras dos dois municípios. “Depois que fizeram a pavimentação, agora tem o processo de manutenção da rodovia que gera um custo. A intenção das prefeituras é delegar essa manutenção para o Estado. Para isso, há a exigência de levantamento de dados”, explicou o coordenador do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, professor Paulo Augusto Ferreira Borges.

Trinta e quatro alunos se envolveram no trabalho. Para executar o levantamento das informações, a rodovia foi dividida em 3 partes. Por 3 dias, os estudantes fizeram a contagem. “Foi uma oportunidade de estágio para os alunos. Ao mesmo tempo, a instituição cumpriu com seu papel social de auxiliar as demandas regionais”, completou o coordenador.

Os dados colhidos serão transformados em um relatório que será encaminhado para as prefeituras. Será definido também o processo de expansão de volumes semanal, mensal e anual para se ter uma expectativa de trânsito. O relatório será anexado ao projeto geométrico e enviado, pelas prefeituras, ao DER.

De acordo com a aluna Amanda Aparecida de Paiva, a participação neste estágio ajudou no relacionamento dos conhecimentos das disciplinas. “Aprendemos como fazer um projeto de rodovia, especialmente, os estudos de levantamento. Nós podemos ajudar a comunidade externa. Foi uma contribuição para a sociedade”, avaliou a aluna.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em:
Fim do conteúdo da página