Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Reaproveitando

Escrito por José Valmei Bueno | Publicado: Segunda, 01 de Julho de 2019, 10h44 | Última atualização em Quarta, 24 de Julho de 2019, 07h58 | Acessos: 435
Alunos do Ensino Fundamental da Escola Estadual Juvenal Brandão recolhem materiais recicláveis. (Foto: PIBID - Campus Inconfidentes)
Alunos do Ensino Fundamental da Escola Estadual Juvenal Brandão recolhem materiais recicláveis. (Foto: PIBID - Campus Inconfidentes)

Gincana do PIBID Biologia recolhe mais de dois caminhões de material reciclável

Mais de 2 mil e 800 quilos distribuídos em dois caminhões e meio cheios de materiais recicláveis como papelão, garrafas pet, embalagens de produtos de limpeza, sucatas e material eletrônico foram os resultados da gincana promovida pelos estudantes do curso de Licenciatura em Biologia, junto aos alunos da Escola Estadual Juvenal Brandão, em Ouro Fino (MG).

As atividades lúdicas e educativas foram realizadas sábado, 29, por 10 horas consecutivas. Os bolsistas do PIBID - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência - auxiliaram as crianças e os adolescentes a adquirirem conceitos relacionados à Biologia por meio de atividades lúdicas e educativas.“Os bolsistas planejaram, junto à supervisão da escola, um projeto de reciclagem de resíduos sólidos e óleo. Queremos mostrar a importância da preservação ambiental”, explicou o coordenador do curso, professor Rafael Boleli.

Para concluir o projeto, a gincana mobilizou os alunos do Ensino Fundamental 1 e 2 para a coleta e a pesagem dos materiais recicláveis. “A competição animou os alunos e ainda ajudou uma instituição de catadores de recicláveis do município”, completou Boleli sobre o destino do material coletado que foi repassado para a ACAMARE, Associação de Catadores de Materiais Recicláveis, com sede em Ouro Fino (MG).

Equipe vencedora

As turmas foram desafiadas a coletar os materiais e a equipe formada pelos alunos do 7º ano A foi considerada vencedora, pois conseguiu a arrecadação de 563kg, a maior entre as 15 equipes competidoras. 

De acordo com a vice-presidente da ACAMARE, Adriana Barbosa, a Associação comprou da instituição de ensino o material arrecadado. “O volume arrecadado foi uma surpresa. A participação da escola, dos pais e dos alunos foi fundamental para o sucesso da gincana”, avaliou Adriana, destacando o envolvimento da comunidade escolar. Os materiais coletados renderam à Escola Estadual Juvenal Brandão o valor de R$1.435,17 que serão aplicados no conserto de uma máquina fotocopiadora.

A premiação para a turma vencedora será um “Dia do Estudante” no Campus Inconfidentes do Instituto Federal do Sul de Minas Gerais, quando os alunos terão oportunidade de passar um dia no campus com aulas nos laboratórios e usufruir da estrutura do IFSULDEMINAS.

Bolsistas do PIBID e membros da ACAMARE durante gincana.

A execução do projeto durou de 30 a 40 dias. Para a professora de Ciências e Supervisora do PIBID na escola Juvenal Brandão, Talita Yane da Silva Medina, a iniciativa da gincana foi despertar a consciência de preservação ambiental sustentável. “A gente quis colocar nos alunos uma consciência constante. A conscientização foi criada. Muita coisa foi impedida de jogar no lixo”, comemorou a professora. “Se não fosse os alunos do IFSULDEMINAS, isso não havia acontecido. Eles criaram a ideia e planejaram a ação, conscientizaram a comunidade escolar para a gincana”, avaliou Talita.

PIBID - Biologia

Além da Escola Juvenal Brandão, outras duas escolas da região recebem bolsistas do curso de Licenciatura em Biologia: a escola Benedito Dorta, distrito de Mococa, em Monte Sião (MG), e a Escola Pio XII, localizada no município de Borda da Mata (MG).

O PIBID visa proporcionar aos estudantes, na primeira metade do curso de licenciatura, uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica. O Programa também busca contribuir para a valorização do magistério; elevar a qualidade da formação inicial de professores; inserir os licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação, proporcionando-lhes oportunidades de criação e participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar.

Confira as imagens:


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

registrado em:
Fim do conteúdo da página